A Realidade na Colônia

As condições em que a colonização se implantava não eram, compreensivelmente, sempre boas.As expectativas dos imigrantes nem sempre se cumpriam. Alguns imigrantes se apresentam a Colônias sem estarem incluídos nas relações oficiais que lhes asseguravam certas garantias, não eram poucos os que passavam sérias dificuldades e sofrimentos, sobretudo desabrigo, falta de terra para cultivar, até fome.

Mas tudo isto ou em parte foram superados graças a sua capacidade e disposição para o trabalho. O bem-estar e o êxito dos colonos dependia, além do mais, de suas capacidades e disposição para o trabalho.

Era necessária uma fibra espartana para se dedicarem à agricultura e se constituírem em pequenos proprietários. ‘Tutti senza denaro’, todos sem dinheiro.

Assim muitos escritores, mencionam as muitas lágrimas derramadas pelos colonos na solidão da mata, até acharem onde se estabelecer.

A demora na demarcação dos lotes, inevitável em vista da frequente chegada de grupos de centenas de candidatos, sem tempo para qualquer preparativo nas colônias, poderia ser uma das causas de pessimismo de tais situações.

Povo sem História é um povo sem presente e sem futuro.